Biologia 07 – O Pantanal está em chamas

Olá, pessoal!

Como estão? Esperamos que bem!

Em nossa sétima postagem, trouxemos um tema muito importante e inquietante para todos nós brasileiros: As queimadas. Que estão se alastrando pelo Pantanal, bioma brasileiro, o qual está fincado no coração do Brasil. Essas queimadas já consumiram uma área dez vezes maior que a cidade de São Paulo e vêm causando a mortandade de várias espécie da nossa fauna as quais muitas já estão ameaçadas de extinção. Vamos conhecer mais sobre esse bioma fundamental para a fauna e flora local como também para todos que sobrevivem dele. O Pantanal pede socorro, aliás todo o nosso meio ambiente clama por socorro.

Vamos lá!

Material elaborado pelas professoras Andréa Pereira, Juliana Ribeiro e Thayse Azevedo.

Podcast – Pantanal em Chama: causas e perigo

https://g1.globo.com/podcast/o-assunto/noticia/2020/08/20/o-assunto-257-pantanal-em-chamas-causas-e-perigos.ghtml

Duração: 24 minutos.

Um pouco sobre o bioma Pantanal.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, o  bioma Pantanal é considerado uma das maiores extensões úmidas contínuas do planeta. Esse bioma continental é considerado o de menor extensão territorial no Brasil. A UNESCO considera esse bioma um “patrimônio natural mundial” pois possui uma rica biodiversidade. 

Apesar de ser reconhecida toda a sua importância, a fauna e flora não estão salvas. Infelizmente, muitos animais desse bioma estão ameaçados de extinção como, por exemplo, a onça-pintada, onça-parda, cervo-do-pantanal, arara azul e outros. Entre as causas dessa ameaça, estão a pecuária não sustentável, o desmatamento, as queimadas ilegais, assoreamentos dos rios, entre outros.

Infelizmente, uma das principais ameaças são as queimadas. Em 2020, dados do Prevfogo, o Centro Nacional de Prevenção e Combate aos incêndios florestais do Ibama, mostram que a área queimada no Pantanal já ultrapassa 2,3 milhões de hectares, sendo 1,2 milhão em Mato Grosso e mais de 1 milhão em Mato Grosso do Sul. Essa área de mais de 2 milhões de hectares representa quase 10 vezes o tamanho das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro juntas. Dessa forma, não apenas a fauna e flora estão em constante ameaça, mas também as comunidades tradicionais como as indígenas, quilombolas e outras que vivem no pantanal e que tiram o seu sustento desse ambiente.

Porém, os problemas das queimadas vão além daqueles que a gente consegue ver. Os bichos que vivem nessa região afetada, quando não morrem, têm que fugir do fogo e, depois que incêndio acaba, sofrem para achar comida e água. Para sobreviver, muitos acabam indo parar nas áreas urbanas ou morrem de fome e sede.

Para entender melhor a complexidade desse problema, veja o vídeo abaixo. 

Estamos vivendo um  momento no qual o mundo está atento às agressões ao meio ambiente e todos cobram  respostas e postura consciente dos seus gestores.

Na entrevista a seguir, com o gerente do Programa Cerrado Pantanal do WWF-Brasil, Júlio Sampaio, alguns aspectos de ocorrência das queimadas na Pantanal são considerados. Entre eles, as causas comuns do descontrole dos incêndios florestais, as falhas de fiscalização para limitação do fogo, os impactos econômicos e implicações das queimadas para nossa saúde, inclusive considerando o efeito da fumaça para saúde de indivíduos que já tiveram a Covid-19. Por fim, qual o papel do Brasil perante o mundo sendo palco para desastres ambientais desse porte?

Vamos pensar um pouco mais sobre…

A importância das queimada (naturais) para a germinação de determinadas sementes e para fortalecimento do solo.

As queimadas destroem os santuários de muitas espécies já ameaçadas de extinção.

O impacto do assoreamento dos rios pantaneiros para a fauna, flora e comunidades tradicionais.

A queimada e o desmatamento assolam também a floresta amazônica. Quais os impactos para a biodiversidade local e para a população mundial?

Como o desmatamento e queimadas na Amazônia podem estar afetando as queimadas no Pantanal?

Como a legislação e uma fiscalização mais precisa por parte do governo podem ajudar no controle dessas queimadas?

E vocês podem ainda…

Pesquisar sobre os outros biomas brasileiros que estão sofrendo pressões antrópicas e impactos negativos. Causas, consequências e ações mitigadoras.

Bom trabalho e até a próxima!

Deixe uma resposta