CINE POST-it na quarentena

O Cine Post-it é um novo projeto do Cin&ArtE que vai estar trazendo para você dicas de filmes e vídeos para que a sua quarentena seja recheada de novas sensações. Sabemos que o ato de assistir a filmes diz respeito a uma prática social fundamental. O cinema possibilita o encontro ampliando a perspectiva de mundo a partir do que se ver, estimulando novas aprendizagens.

CLUBE DOS CINCO

“The Breakfast Club” ou “Clube dos Cinco”, dirigido e escrito por John Hughes e exibido no ano de 1985, marcou a década de 80 como um clássico dos filmes voltados para o público adolescente que, apesar da trama e premissa não muito ambiciosas, conseguiu se consagrar pela sensibilidade ao discorrer sobre o ambiente social de uma escola de ensino médio, bem como os impactos nos jovens causados pelo convívio doméstico e como as experiências com suas famílias se manifestam na escola e vice-versa. O enredo retrata a punição de cinco alunos que estão sendo castigados por incidentes isolados, mas que levaram todos a ficarem retidos durante um sábado na escola, com a tarefa de escreverem uma redação sobre como cada um se vê. Apesar da tentativa de se desvirtuarem da tarefa tão arbitrária imposta pelo diretor, os alunos acabam entendendo melhor suas posições no mundo através do choque causado pela união, primeiramente forçada, de jovens em realidades tão distantes, mas com dramas e adversidades semelhantes, que pouco a pouco vão aproximando os alunos. A verdade e verossimilhança passadas pelo roteiro dão um tom mais leve e amigo aos temas pesados, que são tratados com muita empatia e um senso de percepção muito aguçado do diretor, que permitiu discorrer com seriedade temas como a violência doméstica, exclusão social, pressão psicológica, descaso institucional das escolas e diversas e profundas questões que infelizmente são parte do cotidiano de diversos jovens. Uma rápida síntese das intenções e méritos do filme não é capaz de mensurar as emoções despertadas pela obra, que facilmente rende horas a fio de diálogos e debates, seja pelo valor técnico e artístico do longa-metragem, como o uso de, basicamente, apenas um cenário para a gravação e as atuações brilhantes entregues pelos autores, ou pela nova visão que apresenta da importância e influência de nossos amigos. Recomendo que assistam ao filme com muita atenção e de mente aberta.

João Gabriel Sotero_INFO4AM

Um pouquinho do filme para você:

Deixe uma resposta