Biologia: 03 – Mecanismos moleculares do Sars-Cov-2

Olá, pessoal!

Estão acompanhando as postagens da Biologia aqui no Ativos em Casa?

Em nossa terceira postagem vamos falar um pouco sobre como Sars-Cov-2 infecta as células, além do uso de uma importante ferramenta de edição genômica como uma das estratégias para o combate à infecção.

Vamos lá?!

Material elaborado pelas professoras Andréa Pereira, Juliana Ribeiro e Thayse Azevedo.

Tema 1: Como o Sars-Cov-2 infecta as células.

Tema 2: Edição Genômica contra a Covid-19

seDo que se trata mesmo?

No primeiro vídeo, apesar do áudio estar em inglês (vamos treinar o inglês?), é possível visualizar e entender o mecanismo pelo qual o Sars-Cov-2 infecta as células.

Dica: Ative as legendas do vídeo 😉

O segundo vídeo mostra que o conhecimento do mecanismo molecular básico desse vírus, junto com o uso de ferramentas moleculares, levam a elaboração de estratégias para o combate da infecção.

Uma ferramenta que revolucionou os estudos nas áreas de Genética e Biologia Molecular permite inserir ou deletar nucleotídeos (blocos de construção do material genético), e até mesmo genes inteiros, no genoma estudado! Essa ferramenta se chama CRISPR/Cas9 e é uma estratégia promissora para o combate contra a Covid-19, conforme proposto por pesquisadores da USP de Ribeirão Preto e explicado com mais detalhes no vídeo.

Vamos refletir mais…

– Quais as etapas moleculares num processo de infecção viral?

– O fato do Sars-Cov-2 ser um vírus de RNA, seu mecanismo de infecção se diferencia dos outros? 

– Por que o álcool 70% e o sabão podem atuar na eliminação do vírus?

– Qual a importância das proteínas da “coroa” (spike) do vírus para o processo de infecção?

– Qual é a função dos receptores celulares neste processo? (Ex. ACE).

– Como as organelas da célula hospedeira participam no processo de multiplicação viral?

– Em sua opinião, por que algumas pessoas são assintomáticas enquanto outras desenvolvem um quadro severo da doença? 

Fiquem ligados: Já higienizaram o teclado do computador e o celular, hoje?

Até a próxima!

 

Deixe uma resposta